domingo, 11 de novembro de 2007

Descaracterizado, Inter vence com garra

Garra, superação e apoio incondicional dos 28,8 mil torcedores que foram ao Beira-Rio. Esta foi a fórmula encontrada pelo Internacional, ontem, para superar a bem armada equipe do Cruzeiro. Eram exatos 46min50seg do segundo tempo quando Alex cobrou com maestria uma falta da intermediária. Um golaço que fez o estádio colorado explodir de alegria. Naquele momento ninguém se importava mais com a chuva intermitente que começou duas horas antes da partida e continuou após o seu final. O Marco, meu filho, tinha um motivo especial para vibrar: a vitória representou um presente de aniversário de 21 anos, que ele comemorava no dia. Exaltamos o triunfo que deu ao Inter 51 pontos na tabela, a nona colocação e praticamente a classificação para a Copa Sul-Americana. Foi um dia para não esquecer porque temíamos que as ausências de Sorondo, Fernandão, Guiñazu, Índio, Orozco e Granja pudessem descaracterizar demais nosso time. De fato, faltou técnica, mas sobrou garra. E torcida, como na foto Alexandre Lops, do site do Internacional.

Um comentário:

Valquíria disse...

Pois é, Jorge, e a Globo valoriza mais os times do Centro do País - como Corinthians e Flamengo, dando ênfase às torcidas de lá. Somos show e não devemos nada para eles, mas pouco somos mostrados. Só colorado mesmo para enfrentar aquela chuva de sábado. Parabéns para nós.
Abraço
Valquíria