domingo, 1 de junho de 2008

Magia dentro e fora do Museu Iberê Camargo





Porto Alegre recebeu na sexta-feira - 30 de maio - uma bela obra de arte: a sede da Fundação Iberê Camargo, um prédio de cimento branco desenhado pelo português Álvaro Siza. No sábado, visitei o chamado "bunker", onde realiza-se a exposição Moderno no Limite, com 80 trabalhos de Iberê. Mas o belo não está apenas nos quadros do artista. Das janelas espalhadas por amplos corredores, pequenas e grandes, é possível ver que o prédio localiza-se entre o verde (nos fundos) e o Lago Guaíba (na frente). Um cenário maravilhoso, dentro e fora do museu. Por exemplo, é possível admirar de seus cinco andares alguns patrimônios de Porto Alegre, como o Beira-Rio - estádio do Internacional - e a Usina do Gasômetro, além do centro da cidade. Quem gosta de arte e da natureza deve colocar na sua agenda uma visita à obra, que levou cinco anos para ser concluída e custou R$ 40 milhões. Importante: é possível firmar uma bem sucedida parceria entre governos e empresas privadas.
O prédio tem salas expositivas, átrio, reserva técnica, centro de documentação e pesquisa, ateliê de gravura, ateliê do educativo, auditório, loja, cafeteria, estacionamento e parque ambiental projetado pela Fundação Gaia.


Onde:
Avenida Padre Cacique, 2000 - Porto Alegre
Exposição: Terças a sextas das 10h às 19h, fins de semana e feriados das 11h às 19h
Informações: Telefone (51) 3247-8000 ou site www.iberecamargo.org.br


Um comentário:

Maurício disse...

Caro blogueiro, você foi feliz no comentário e nas fotos publicadas do Museu Iberê Camargo. Também estive lá e tive a mesma sensação que você teve. Só não levei a máquina fotográfica porque diziam que não era possível clicar as obras. Só lá eu soube que o museu e arredores poderiam ser fotografados. Fui brindado com seu artigo e fotografias. Mas voltarei lá de máquinas em punho.
Abraço e parabéns pelo blog.
Maurício Cardoso