quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Globo contra o diploma

Recebi um e-mail da companheira jornalista Lesia Aguiar, que merece ser dividido com todos aqueles (jornalistas ou não) que defendem a formação acadêmica para termos uma boa informação. Assino embaixo:

"Meus amigos, fiquei pasma ao ver a Rede Globo levar ao ar um capítulo da novela A Favorita, onde um grande empresário contrata uma ex-presidiária, ex-cantora sertaneja, sem formação nenhuma (Patrícia Pillar, linda como sempre), para ser chefe da área de Comunicação Social da empresa! Justamente agora, quandoa categoria dos jornalistas está em campanha para que seja mantida a obrigatoriedade do diploma de curso superior para o exercício da profissão de jornalista.
É o recado que a Rede Globo manda para a população brasileira: "Nós não gostamos de jornalista diplomado!" Continua, portanto, a loira platinada a mandar suas mensagens subliminares ao povão em um país onde a concessão de TV é feita por compadrio e ninguém tem força nem coragem de enfrentar o poder da família Marinho."

Um comentário:

Bianca Rieth disse...

Pois é, os nossos veículos de comunicação são comandados por núcleos familiares, os que os tornam propícios a isso. Infelizmente ter que ver este tipo de coisa desanima, mas ao mesmo tempo dá força para lutar pela obrigatoriedade do diploma. Um bom jornalista é o graduado.

beijos