sábado, 7 de fevereiro de 2009

Gre-Nal dos milionários

Gostaria de debater aqui a técnica e a tática que serão empregadas por Inter e Grêmio no Gre-Nal que jogarão amanhã no Colosso da Lagoa, em Erechim, no Norte gaúcho. Prefiro discutir o preço absurdos dos ingressos que foram colocados à venda: R$ 150 para cadeiras e R$ 60 para arquibancadas. Com certeza, será o clássico mais elitizado da história de cem anos.
E não será realizado em Porto Alegre, mas em um estádio do Interior, considerado o maior, mas sem muito conforto. O presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Noveletto, chegou a dizer que shows de duplas sertanejas e de Caetano Veloso custam mais. Não dá para comparar, pois um espetáculo com de Caetano é realizado em um teatro, com conforto: cadeiras estofadas, tapetes, ar condicionado, estacionamento e muito mais...
Certamente as cadeiras do "Colosso" cujo preço equivale a 32% do novo salário mínimo nacional (R$ 465) não são estofadas. Li hoje que o presidente está surpreso com a venda de ingressos em Porto Alegre (apenas cem até ontem). Pudera!
E a imprensa, patrocinadora do Gauchão, cala-se.

Um comentário:

Ulisses disse...

Jorge, gostei do teu comentário e concordo com ele. Mas tenho uma ressalva: o pessoal da Rádio Guaíba e do Correio do Povo está metendo o pau nos preços dos ingressos. Mais: como o jogo é só pelo PPV, dizem que virou espetáculo distante do pobre. Verdade!!!