sábado, 14 de março de 2009

No dia Nacional da Poesia, um Neruda para vocês

Pablo Neruda

Quero apenas cinco coisas..
Primeiro é o amor sem fim
A segunda é ver o outono
A terceira é o grave inverno
Em quarto lugar o verão
A quinta coisa são teus olhos
Não quero dormir sem teus olhos.
Não quero ser... sem que me olhes.
Abro mão da primavera para que continues me olhando.

2 comentários:

Francisco Silveira disse...

Belo poema de Pablo Neruda.
Não era à toa que Don Elias Figueroa recitava-o maravilhosamente.
Saudações coloradas!

marcinha disse...

Nossa
Belo poema de Neruda
Vou colocar no meu perfil
bjs