quinta-feira, 2 de julho de 2009

Vamos em frente, INTERNACIONAL. Algo maior nos espera no fim do ano


Já tinha sentido este gosto amargo em algumas ocasiões, como na final do Brasileirão de 89 contra o Bahia e na semifinal da Libertadores contra o Olímpia em 90. Mas também tinha vencido os três títulos brasileiros dos anos 70 e o da Copa do Brasil de 91. Mais recentemente, tivemos sucesso no Beira-Rio ou fora dele em seis finais consecutivas: Libertadores (2006), Mundial FIFA (2006), Recopa (2007), Gauchão (2008 e 2009), Dubai Cup (2008) e Copa Sul-Americana (2008). O Inter é o único clube brasileiro a vencer competições continentais desde 2006.
Isso não serve de consolo porque um colorado quer vencer sempre. Temos outras competições pela frente como a Recopa, a Copa Sul-Americana, a Copa Suruga e, especialmente, o Brasileirão. Estamos na liderança junto com o Atlético Mineiro do cavalo paraguaio Celso Roth. Esta será uma batalha longa, mas vamos em frente para ganhá-la. Aí o plantel qualificado do Inter mostrará sua força.
Desta vez, não perdemos ontem, quando a torcida compareceu em peso e deu espetáculo do início do fim do jogo (foto acima, de Jefferson Bernardes/VIPCOMM.
A decisão foi em São Paulo, quando não estávamos com o time desfigurado, especialmente de Nilmar, levado pelo "colorado" Dunga para um passeio na África.

2 comentários:

Meg disse...

Oi colega, tudo bem? Estou aqui com mais outra tristeza. Nosso Inter está indo para o brejo. Não está morto quem peleia rsrrsrs
Um abraço

Insone disse...

Amigo, não culpe o Dunga. Quem tem elenco deveria suprir as ausências. De qualquer forma, parabéns pelo seu Internacional; time forte e estruturado.