sexta-feira, 16 de julho de 2010

Assassinarem o meu ipê amarelo


 Este ipê amarelo era meu vizinho. Ficava em frente da janela de meu apartamento e suas flores amarelas brotavam ainda no inverno. Veja a foto abaixo e acompanhe a minha tristeza... 
  Assassinaram o meu ipê. Nesta semana, um caminhão de mudança chegou imponente e avançou sobre o árvore que estava aí, neste buraco. Ela ficou torta, com as raízes de fora. Ontem à noite, cheguei e o pé de ipê não estava mais ali. Uma equipe da Secretaria Muncipal do Meio Ambiente acabou com o que restava dele. Não verei mais as suas flores amarelas na primavera. Este é um exemplo típíco de total desprezo pela natureza.

4 comentários:

Janu disse...

nossa, como é q alguem pode fazer isso??

Gustavo Avalos disse...

As flores, os passarinhos, os bichos de estimacao, as pessoas sao presentes de Deus. Entendo tua tristeza, me identifico com teu sentimento. Frente a insensibilidade de algumas pessoas so podemos recar por elas. Un abraco, Gustavo.

HAYRTHOM BHITTHENCOURTT disse...

Amigo Jorge Correa
um jornalista Gaúcho
desses, que não precisa de luxo
tão pouco, bajulação
ele carrega a missão
de defender nosso povo
capaz de lutar denovo
pelo mais necessitado
amigo muito obrigado
do fundo do coração

é mais um aniversário
a festa já tá formada
é grande, tua jornada
merece agradecimento
me vem mais um pensamento
este amigo é de vitória
tem honra,tem muita glória
um ideal infinito
de um carisma tão bonito
que vai ficar para história

Lilian disse...

Matam-se îpê, passam-se por cima de pessoas, humilham outras, e retiram os sonhos e vistas de outras tantas... esse é o nosso mundo... e somente nós podemos mudar isso.