sábado, 26 de fevereiro de 2011

Barbárie: motorista atropela dezenas de ciclistas em Porto Alegre


Em um ato que se assemelha à barbárie, o motorista de um automóvel Golf preto atropelou dezenas de ciclistas na Rua José do Patrocínio, esquina com Luiz Afonso, ontem à noite. Um grupo de 100 pessoas participava do movimento Massa Crítica - que incentiva o uso da bicicleta como meio de transporte em todo o mundo - fazia uma bicicleata quando o maluco que se acha dono da rua investiu sobre a manifestação. Pessoas e bicicletas voaram para o ar, e o sujeito fugiu, mostrando sua covardia.
Testemunhas disseram que ele tocou por cima, sem perdão. Não dirijo por razões pessoais, sou crítico do excesso de carros nas ruas e só lamento que um movimento pacífico seja interrompido por uma ato insano como este. Na verdade, alguns motoristas se acham efetivamente donos do espaço e não aceitam que o invadam. Por isso, passam sinal fechado, não atendem o pedido de parar junto a faixas de segurança - lei aqui em Porto Alegre - e atropelam tudo e todos. Pedalo comumente e sei do que escrevo.
Casualmente, meu filho pedalou ontem pelas ruas de Vancouver (Canadá) e se disse muito respeitado pelos motoristas. Nesta madrugada, comentávamos as diferenças de comportamento. É questão de consciência.

Foto: Ramiro Furquim/Agência Freelancer/Especial para o Terra

5 comentários:

Egle disse...

Fiquei chocada com isso.
E com muitas questões pendentes.
O que faz um cidadão se achar no direito de jogar seu carro para cima de um grupo de pessoas que defendem um modo mais harmônico de conviver com a cidade?
O que faz esse mesmo cidadão fugir, largar o carro numa garagem e não prestar socorro aos feridos?
O que faz um delegado achar que a responsabilidade foi dos ciclistas, porque eles atrapalhavam a via pública???
Eu acredito que só tenha uma explicação para isso.
Não são cidadãos.
Não sabem conviver no coletivo e respeitar os espaços.
Estão na idade da pedra.

Adroaldo Bauer disse...

O elegado não anda de bicleta, coitado.

Anônimo disse...

O vídeo do atropelamento não deixa dúvida pra qualquer outra interpretação. É tentativa de homicídio.

Alexandre disse...

O vídeo do atropelamento não deixa dúvida pra qualquer outra interpretação. É tentativa de homicídio.

Solange disse...

Levei um choque quando assisti ontem no litoral....